Como fazer vídeo-currículo
Desenhando o currículo, Procura de emprego

Já tens um vídeo-currículo? Sabe como fazer o teu

Estamos seguros que já ouviste falar do vídeo-currículo. Mas o que é o vídeo-currículo? Como fazer um vídeo-currículo? Se queres ganhar mais conhecimentos sobre uma das variantes do currículo então este artigo é para ti.

Finalmente revelamos como fazer um vídeo-curriculum, e que passos a seguir para obteres um hábil vídeo-currículo, convincente junto da equipa de recursos humanos.

Desde logo importa saber que o vídeo-currículo é uma forma distinta de candidatar-se a um emprego, isto porque, prevê a utilização e recurso a um vídeo, diferente do que acontece do curriculum vitae, que é sobretudo um formato de currículo escrito numa folha A4. Todavia um não substituiu o outro, e ambos são complementares. Queres conhecer as características do vídeo-curriculum? Segue com a leitura deste artigo a seguir.

Como fazer um vídeo-currículo

Jacob Lund || Shutterstock

O que é o vídeo-currículo?

O vídeo-currículum ou vídeo-currículo é uma forma adicional ao curriculum vitae, em que aquilo que foi escrito neste último documento acaba por ser oralizado de forma criativa, o que transpõe uma outra imagem aos recrutadores daquilo que és.

O vídeo-curriculo permite aos recrutadores averiguar se tens presença e competências comunicativas em frente à câmara, a capacidade de falar em público e por aí em diante.

Além disso, este modo de candidatar-se a um trabalho é um modo inovativo para mostrar aspetos da nossa personalidade, como por exemplo a nossa voz ou o nosso rosto. E já tens o teu currículo? Entre os nossos templates para descarga poderás escolher qual o teu formato de currículo favorito. É a partir daí que o video-curriculum deve ser feito. Segue os passos a seguir e terás o melhor vídeo-curriculum de todos!

Vantagens de fazer um vídeo-currículo

Agora que já sabes o que é o vídeo-currículo é importante perceber quais são as vantagens de fazer um vídeo-currículo. Apesar de em Portugal não ser muito requerido pelas empresas, é algo imprescindível para candidatar-se a um emprego no estrangeiro. Assim, uma das forma de como enviar currículo para trabalhar no estrangeiro pode passar pela criação do vídeo-currículo. Basta pensar em muitas das empresas nos Estados Unidos ou na Itália que o solicitam obrigatoriamente na candidatura.

Desta forma, as vantagens de realizar um vídeo-currículo são as seguintes:

  • Distinguir-se de outros candidatos que decidiram pelo CV tradicional
  • Usar o currículo como uma ferramenta interactiva
  • Exibir soft skills e hard skills (linguagem corporal, dicção e rapidez do raciocínio)
  • Mostrar-se proativo

Tudo isto permite uma outra vantagem de fazer um vídeo-currículo que é o aceleramento do processo de seleção do candidato e uma análise mais convicta do seu perfil.

O mesmo poderá ser igualmente uma desvantagem, porque os recrutadores não perderão tempo com vídeos que não lhes interesse. Consequentemente, cativa a atenção dos recrutadores e mostra que consegues ir além daquilo que eles possam esperar. Sê original para que o vídeo-currículo e o currículo escrito não sejam colocados no lixo.

Passos para realizar um vídeo-currículo

Vamos agora ver aquilo que não poderá faltar na hora de fazer o teu vídeo-currículo. São passos básicos embora cruciais na forma como alcanças o recrutador.

Como editar um vídeo-currículo

SpeedKingz || Shutterstock

Dados pessoais e dados profissionais

No vídeo-currículo deverás começar por elencar o teu nome e dados de contacto para que os recrutadores não se esqueçam de como chegar até ti depois de assistirem ao teu vídeo-currículo. De imediato segue por oralizar a tua formação académica no currículo e a tua experiência profissional no currículo e sobretudo dá um grande enfoque ao objetivo profissional no CV, determinantes para captar a atenção dos recrutadores.

Quanto às competências no currículo elas deverão estar inerentes à linguagem do vídeo-currículo. Ou seja, não precisas de as dizer, basta que as proves com gestos e com o teu discurso durante o teu vídeo-currículo.

Antes de fazeres o teu vídeo-currículo podes tentar descobrir Como usar a técnica de storytelling num currículo porque essa mesma técnica tem efeitos imediatos no vídeo-currículo.

Gravar e editar o vídeo-currículo

Depois de um pequeno ensaio das tuas informações básicas, deverás gravar o vídeo currículo. Poderás fazê-lo pegando no teu telemóvel (recomendável um smartphone com uma câmara de vídeo HD). A edição do vídeo-currículo, por sua vez, deverá ser feita através de um programa de edição que tenhas no teu computador. Existem vários editores de vídeo-currículo gratuitos online.

Duração do vídeo-currículo

Depois de editares o teu vídeo-currículo assegura-te que este tem no máximo 2 minutos. Não estendas a duração em demasia para que não te percas no raciocínio ou para o recrutador não perca o interesse.

Como editar um vídeo-currículo

De Repente || Shutterstock

Onde filmar vídeo-currículo

O espaço onde filmas o vídeo-currículo também é bastante determinante na decisão dos recrutadores. Deverás estar num espaço neutro que não desvie o olhar do recrutador. Podes decorar o espaço com aquilo que te define. Por fim, pesa sobretudo seres tu próprio e te assumires natural e espontâneo.

Para quais empregos enviar o vídeo-currículo?

Como dissemos acima, um vídeo-currículo é um complemento crucial ao currículo escrito num papel. No entanto, se estás à procura de emprego dito mais tradicional (bancário, advogado, professor, médico) convém apenas utilizar um currículo básico e deixar o vídeo-currículo de lado.

Pelo contrário, se incursas-te pela área da comunicação, da publicidade, do marketing, do cinema, dos novos media poderás incluir um vídeo-currículo na candidatura mesmo que não seja um requisito. Podes assim demonstrar competências comunicativas, criativas, gráficas, informáticas e ser tão original que os recrutadores contratarão imediatamente!

Com isto tens todas as possibilidades de conquistar os recrutadores! Boa sorte na tua candidatura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *