Como fazer cv depois de teste vocacional
Desenhando o currículo

Como usar um teste vocacional para orientar o CV?

Já sabes o que é um teste vocacional? E sabes como orientar o teu curriculum vitae dessa forma? À primeira pergunta muitos saberão a resposta, quanto à segunda não são todos que têm noção do que queira dizer.

Na verdade, o teste vocacional não serve apenas para enumerar as possibilidades no que toca ao facto de encontrar uma profissão pela qual deveremos seguir. O teste vocacional é um pressuposto recomendável que poderá orientar o curriculum vitae para toda a tua vida.

Se ainda não fizeste um teste vocacional recomendámos que o faças junto de algum psicólogo. Da mesma forma, existem muitos testes vocacionais online.

Como fazer cv depois de teste vocacional

smolaw || Shutterstock

Teste vocacional no currículo vitae

Hoje vamos tentar responder à tão curiosa pergunta sobre como usar um teste vocacional para orientar o CV. Poucos sabem, mas um teste vocacional é um documento que define quem és profissionalmente, ou seja, que apresenta uma série de profissões que se identificam com o teu perfil.

Para tal, o teste vocacional parte das características psicológicas e marcas de personalidade que se assimilam a uma carreira profissional.

Quem deve fazer teste vocacional?

Como fazer cv depois de teste vocacional

A primeira coisa a saber antes de utilizares o teu teste vocacional para orientar o CV é saber para quem é que ele é direcionado. Na verdade, o teste é sobretudo direcionado a jovens que estão prestes a terminar os estudos. Em Portugal existem muitas escolas que o fazem obrigatoriamente no 9º ano, ou no 12º ano. Em alguns casos existem universidades que dispõem psicólogos, sendo essa também uma possibilidade para realizar o teste vocacional.

Os testes vocacionais poderão assim ajudar-te quais os objetivos profissionais seguir, e como estruturar uma candidatura a uma empresa do setor que procuras mediante um currículo para primeiro emprego, por exemplo.

Da mesma forma, para aqueles que estão desempregados, e que não deverão desistir de procurar emprego, também poderão fazer um teste vocacional para reestruturar a sua carreira profissional e, quem sabe, recolocação no mercado de trabalho.

Múltipla experiência de trabalho

Como fazer cv depois de teste vocacional

Khosro || Shutterstock

A experiência profissional é garantidamente uma das secções do currículo que mais interesse gera junto dos recrutadores. Por isso, se o teste vocacional diz uma coisa muitas vezes é porque está certo. Investe na área que o teste vocacional destacou, e poderás ser um melhor profissional e desenvolver competências a colocar no currículo.

Pelo contrário, se o teu gosto é distinto do resultado que obtiveste no teste vocacional, convém aprofundar a área que mais gostes. Se não gostas de ver sangue e o teu teste vocacional diz para seres médico ou enfermeiro, é por algo fizeste mal. Da mesma forma, se consideras ter aptidão para várias áreas poderás fazê-lo e obter uma experiência profissional mais diversa. Demonstras capacidade para passar por várias empresas e setores.

Posso acreditar no teste vocacional para encontrar emprego?

O teste vocacional é como um sumatório de diferentes características pessoais que te definem. Muitas vezes é determinante para tornar evidente certas soft skills tomadas como imprescindíveis num certo emprego e profissão. Mesmo assim, tem atenção que o teste vocacional pode não ser totalmente confiável.

Não necessitas de colocar o teu teste vocacional no currículo! Esta é um dos pontos que tens de ter cuidado assim que construas o teu currículo vitae.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *