Hobbies no curriculum vitae
Escrevendo o currículo

10 hobbies a incluir no currículo

Sabias que os hobbies contam imenso na hora dos recrutadores te chamarem para uma entrevista de emprego? Embora grande parte do teu tempo seja dedicada ao trabalho, isto não significa que as atividades extra-laborais e os passatempos realizados ao longo do dia, não tenham nada que ver com a tua imagem!

O currículo é o quanto mais moderno quando tenhas em consideração que deverás incluir as tuas paixões pessoais e aquilo que mais gostas de fazer no decurso do dia a dia. Descobre alguns hobbies a inserir no currículo e quais as suas vantagens.

Como colocar idiomas no currículo

Passatempos a constar no CV

A maioria dos especialistas recomendam que o CV não se inclua os passatempos ou hobbies, porque podem fazer os recrutadores perderem tempo. No entanto, são os próprios recrutadores a valorizar esta secção. Ou seja, continuam a querer saber aquilo que fazes em relação à tua experiência profissional. Ou seja, os hobbies acrescentam valor ao teu CV, porque permite aos recrutadores compreenderem o sentido da carreira que visas seguir.

Mas atenção, para inserir os hobbies no momento de escrever um CV pode bem variar da pessoa a que te direcionas. Convém escolher o formato de currículo  acertado e se precisares de ajuda podes sempre conhecer os nossos templates para descarga.

Um dos exemplos mais peculiares é quando determinada empresa procura alguém criativo, então alguns aspetos criativos da tua própria personalidade podem estar refletidos no teu CV na maneira dos passatempos. Se o hobby está relacionado com o trabalho os recrutadores olharão para ti com outros olhos. Assegura-te, por isso, de ser honesto, para que os hobbies possam ser autênticos e não estarem com rodeios durante a entrevista.

Quais são então os hobbies recomendados no currículo? Conhece a seguir algumas das sugestões.

1. Aprender novos idiomas

Estar permanentemente disposto a aprender novos idiomas é uma característica de muitos jovens profissionais dos dias de hoje. E ter esta predisposição como hobbie só te evidencia como alguém com potencial intelectual, ou seja, alguém bastante perspicaz. Colocar o bom domínio de uma língua estrangeira pode ser um bom passo para conseguir o emprego dos teus sonhos.

Desta forma, bem empregues estes hobbies, e tentando obter um currículo básico sem rodeios, pode ser uma característica fulcral para manifestar qualidades essenciais na tua profissão ou no teu campo de estudo.

2. Vídeo e Cinema

Ir ao cinema pode ser um hobbie comum para um currículo de primeiro emprego, mas não no caso de teres sido estudante de cinema ou de estares interessado em trabalhar numa filmoteca, cinemateca ou instituto cinematográfico. Quer isto dizer, que idas ao cinema, e até a filmagem de curtas-metragens com os amigos, podem ser determinantes para te mostrares aos recrutadores como uma pessoa original, atenta aos detalhes e bastante analítica.

3. Blog / Web Manager

Se escreves para um blog, para um website ou se és mesmo o responsável por detrás desses projetos online, não hesites em colocar tudo isso no teu curriculum vitae. Podem ser espaços adequados para mostrar aquilo que pensas, e para que os recrutadores vejam-te como um bom argumentador. Aliás, caso dediques tempo suficiente por dia a estas atividades elas deixam de ser entendidas como hobbies e passam a ser experiência profissional, mesmo que não-remuneradas.

Fotografia como hobby

4. Fotografia

És um aficcionado por fotografia e por viajar? Não deves esquecer de incluir isso no teu currículo. Na verdade, se procuras um trabalho no sector do marketing, da publicidade ou até do turismo, o gosto pela fotografia pode ser um requisito útil para te posicionares melhor entre os recrutadores. Fotografar implica criatividade e muita paciência que se tornam competências no currículo imprescindíveis no mercado de trabalho.

5. Redes sociais e sistemas operativos

O bom domínio das redes sociais e de sistemas operativos é ideal para quem trabalha com marketing, mas também com empresas de comunicação e de resolução de problemas técnicos. Podes colocar domínio de redes sociais caso procures trabalho como jornalista ou designer de websites onde é preciso estar sempre em cima do acontecimento e atualizado sobre as tecnologias de informação e a linguagem digital.

6. Tocar um instrumento

Toda a gente sabe ouvir música, mas nem toda a gente pode saber tocar. Só algumas pessoas sabem tocar guitarra clássica, violino ou piano e se és uma delas podes afirmá-lo nesta secção do curriculum. Mostrarás ser uma pessoa confiante em ti mesmo.

7. Jogos de mesa

Os jogos de mesa e de estratégia são curiosamente muito valorizados pelas equipas de recursos humanos. Caso procures uma profissão como desenhador de videojogos, ou até mesmo como criminalista, os jogos de mesa revelam-te focado no objetivo profissional, resiliente e alguém que sabe tomar decisões em momentos de pressão.

8. Cozinhar

Um dos cursos profissionais com mais procura e uma das profissões mais procuradas nos dias de hoje é a cozinha. Podes colocar este hobbie no teu currículo caso tenhas conhecimentos especializados. Saber cozinhar e saber apreciar comida é um passo importante para um bom planificador de eventos ou para um guia turístico.

9. Yoga

A prática regular de yoga tem várias vantagens, sendo que no mercado de trabalho reduz a tua ansiedade e permite-te lidar melhor com situações de stress. A verdade é que o yoga melhora a tua postura além de desenvolver e fazer crescer os músculos.

10. Desportos radicais

No geral a prática de exercício físico é essencial para o desenvolvimento psicológico e até para despertar um lado mais imaginativa na empresa. Já a realização de desportos radicais, como parapente ou paraquedismo, demonstram-te como profissional disciplinado e tenaz, e como alguém que admite enfrentar desafios e correr riscos, ao investir num determinado projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *