Experiência profissional no CV
Escrevendo o currículo

Truques para ordenar a experiência profissional no CV

Muitas vezes tens dúvidas redigir um currículo coloca-nos frente a frente com certas dúvidas, sendo uma delas o facto de como ordenar a experiência profissional no CV.

Desde logo, o momento em que descreves as tuas experiências profissionais no currículo é exigente, sobretudo porque queres que o mesmo seja atraente para os recrutadores de uma equipa de recursos humanos. Será que devo colocar tudo o que fiz no meu currículo? Será que posso retirar alguma coisa da experiência profissional e como selecionar as melhores experiências de trabalho? Estas são também algumas das perguntas que te ajudaremos a responder neste artigo.

Como ordenar experiência profissional no currículo

Sergey Nivens || Shutterstock

Como ordenar experiência profissional no CV?

Uma coisa importante na hora de ordenar as experiências profissionais no currículo é ter em consideração tudo aquilo que fizeste no mercado de trabalho. Ou seja, deverás fazer uma lista num documento em Word ou numa folha em branco, de todos os passos que dês-te durante a tua caminhada profissional, seja ela de curta ou longa duração.

É a partir do reconhecimento daquilo que fizeste a nível profissional, mesmo nas situações mais absurdas como a de teres sido despedido, que te irão dar um maior controlo sobre aquilo que pretendes na tua carreira. Aconselhamos ainda que conheças os nossos modelos de templates, porque os nossos modelos de currículo ajudar-te-ão na conquista do trabalho de sonho. Já a mão cheia dos truques para ordenar a experiência profissional desvendados a seguir.

1. O currículo é uma viagem ao passado

Como já dizemos, o primeiro truque para ordenar a experiência profissional no currículo da forma mais correta é fazer uma viagem ao passado, e fazê-lo a como se os teus olhos fossem os olhos de terceiros, permitindo selecionar experiências profissionais entre aquelas que tiveste maior prazer em realizar. Isto posto, poderás assumir que emprego queres seguir numa nova fase da tua vida em que és mais introspectivo.

Deves assumir que não existem experiências profissionais que fortaleçam ou desvalorizem o teu currículo, porque todas são válidas segundo muitos especialistas. Abraça a tua trajetória profissional sem vergonha.

2. Dispara os teus objetivos profissionais

Consoante a experiência profissional no currículo, deverás fazê-la coincidir com o objetivo profissional no CV. Ou seja, pesa na decisão dos recrutadores se os candidatos colocaram atividades que tiveram mais a ver com o seu objetivo. Convém não colocar duas profissões que não têm nada que ver no momento de enviar um currículo. Tenta não baralhar a cabeça dos recrutadores porque o teu currículo poderá ser imediatamente colocado no lixo. Traça uma linha do que queres fazer e do que queres que os outros saibam que queres fazer! Será assim tão difícil?

Caso tenhas tempo e espaço no currículo, poderás explicitar as tuas funções em empresas passadas e o motivo de teres abandonado a empresa.

Como ter a experiência profissional no currículo

structuresxx || Shutterstock

3. Experiências profissionais revelantes

És um profissional há muito tempo no mercado e já passaste por imensas empresas durante a tua jornada no mundo laboral? Sendo este o teu caso dificilmente terás muito espaço no currículo. Daí podes eliminar aquilo que pensas ser menos interessante para o trabalho que concorres e dar prioridade a trabalhos onde passaste mais anos ou onde aprendeste mais coisas, interconectadas com o objetivo profissional dissertado no presente.

Se o teu caso é o inverso, ou seja, se tens pouca experiência profissional ou grandes intervalos de tempo na mesma, aprende como desimular os espaços em branco no CV justamente porque são uma forma de não levantares ambiguidades no currículo que conduzam as discussões com os recrutadores.

4. Personaliza a ordem da experiência profissional no CV

Não esquecer de personalizar a ordem da experiência profissional do curriculum ou à maneira dos recrutadores, ou seja, como pedem que ela seja incluída; ou como tu mesmo pretendes. Por fim, respondemos à grande questão deste artigo. Como ordenar a experiência profissional no teu currículo?

Antes de tudo, os recrutadores prezam candidatos com currículos eficazes, moderados e organizados, e por isso deves inserir a experiência profissional no currículo por uma ordem cronológica, da mais recente para a mais antiga. Se ainda estás no mercado de trabalho obrigatoriamente a experiência profissional atual é aquela que se irá sobressaltar no curriculum vitae.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *